quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Glória do Ribatejo

No decorrer do trabalho de campo da minha dissertação, foi-me proposto pelo meu orientador a criação de redes culturais com outros pontos de interesse. Designei uma dessas redes como "Modos de vida e tradicões Ribatejanas". Aqui, um dos pontos de interesse seria a Vila da Glória do Ribatejo, cujo texto respetivo publico abaixo. 


Parte da exposição temática sobre
“O Farnel Aviado”
©Samuel Tomé




"A Glória do Ribatejo remonta ao reinado de D. Pedro I. Foi alvo da atenção de Alves Redol, que publicou um ensaio etnográfico sobre esta localidade em 1938, devido à peculiaridade das suas tradições. Com efeito, a endogamia entre a população contribuiu para que estas tradições se mantivessem até à década de 70 do século passado quase inalteradas. Com o intuito de preservar e registar todo o património gloriano, surgiu a Associação de Defesa do Património Etnográfico e Cultural, que possuiu um museu com dois núcleos.
No primeiro encontra-se uma exposição permanente sobre trajes, arqueologia, agricultura e bordados (apresentando estes últimos particularidades que apenas se encontram aqui). Para além disto, é ainda visitável uma exposição temática, que é feita anualmente. No ano corrente, a exposição é sobre o farnel aviado, ou seja, a ida por vários dias para fora da localidade trabalhar nos campos dos grandes proprietários (em Vila Franca de Xira, Benfica do Ribatejo ou Almeirim). Já o segundo núcleo trata-se de uma casa tradicional, disposta por cozinha e quarto, com objetos que mobilavam as casas típicas da então aldeia da Glória.
No entanto, ao circular pela localidade, é ainda possível ver as pessoas mais velhas envergar aquele que pode ser considerado o traje tradicional, mas que para elas é a roupa de todos os dias." 

Bibliografia e fontes utilizadas: 


Caneira, Roberto (s/d a). Museu Etnográfico da Glória do Ribatejo. S/l: ed. Associação para a Defesa do Património Etnográfico e Cultural.
Caneira, Roberto (s/d c). Exposição: O trabalho de farnel aviado. S/l: ed. Associação para a Defesa do Património Etnográfico e Cultural.
Caneira, Roberto (s/d b). Bordados a ponto de cruz da Glória do Ribatejo. S/l: ed. Associação para a Defesa do Património Etnográfico e Cultural. 
Redol, Alves (2004). Glória, uma aldeia do Ribatejo, 3.ª edição. Lisboa: Editorial Caminho.