segunda-feira, 13 de janeiro de 2014

Os alqueires

Se queres ser bom milheiro, faz o alqueire em janeiro.
(provérbio)


O alqueire era uma medida utilizada para medir secos (trigo, milho, arroz, entre outros), cuja quantidade de litros que levava era fixada ao nível dos concelhos, existindo muitas vezes procedimentos para a sua elaboração. 

O concelho de Santarém (a que a os moinhos da Ribeira de Muge pertenceram até à reforma administrativa do séc. XIX), na segunda metade do séc. XVIII, fixava precisamente que as medidas utilizadas pelos moleiros e atafoneiros eram os alqueires e meios alqueires. Estes tinham de ser aferidos, variando o preço conforme a medida era nova ou usada. 

Na imagem vemos um alqueire em exposição no Museu Etnográfico da Raposa, que foi um moinho em tempos. Nesta zona da Ribeira de Muge, pelos relatos que ouvimos aquando da elaboração da nossa dissertação de mestrado, era mais comum o meio alqueire. 

Referências Bibliográficas:
RODRIGUES, Martinho Vicente (2004). A Vila de Santarém (1640-1706): Instituições e Administração Local. S/l: Edição Câmara Municipal de Santarém.